terça-feira, 5 de julho de 2011

Pensa comigo


Pensa no início. Sim, na primeira palavra que lhe disseste. O primeiro sorriso que ela te provocou, mesmo quando o tentaste evitar. Pensa na primeira vez que o teu coração se sentiu tocado com algum dos seus sentimentos; ou na primeira vez que tiveste vontade de a apertar nos teus braços.
O início. Tudo tem um começo, a altura exacta em que um novo ciclo começa; uma nova vida nasce dentro da já existente. No início tudo nos parece estranho, nada familiar. Desconfortável, até. Mas depois, pouco a pouco, isso muda.
Lentamente vais conseguindo prever a reacção dela às tuas palavras. Adivinhas os pensamentos que lhe vagueiam na mente quando lhe confidencias os teus segredos. Já não te treme a mão, como quando escrevias a primeira frase do caderno. Agora já sabes a caligrafia que deves usar, e a dimensão de cada capítulo.
A excitação faz-te escrever sem parar. Este é um dos momentos mais emocionantes da história. Respiras sofregamente a imaginar tudo aquilo que ainda está para vir. Parece que vai durar eternamente a nova aventura.
Pensa no fim. Na sensação de aperto na garganta. No excesso de água nos olhos de cada vez que ela te surge no olhar.
Começas a reflectir sobre a forma como tudo deve terminar. Restam-te poucas folhas no caderno, mas algo no peito te suplica que continues a escrever. Agora, as mãos voltam a tremer-te. Não devido ao entusiasmo da descoberta, mas devido ao medo em relação ao que fica por revelar.
O fim. Tudo tem um fim. Mesmo que o prolongues no papel, ele aparecerá a secar-te a tinta da caneta.

6 comentários:

Mário disse...

adorei o texto *_* e como sempre o som de fundo

Anónimo disse...

Nunca te disse, mas mais vale tarde que nunca! Gosto do que escreves =) leio e penso: isto podia ter sido escrito por mim!

Continua miúda! Até me apetece fazer um blog depois de estar aqui um pouquinho :D

Um grande beijo,
Célia Rodrigues

Ana Rita Correia disse...

Oh, muito obrigada, Célia :)
De facto, não imaginava que andasses por aqui.
Saber que quem lê se identifica e que reflecte é assim a melhor coisa que me podias dizer!
Faz um blog, sim. Ee vou ser leitora assidua :)

Beijinhos grandes

Mário disse...

=) beijinhos =*

Mário disse...

Manic Street Preachers! (L)

Anónimo disse...

Manic Street Preachers! (L) [x2]